coloque a palavra chave que lhe foi fornecida.


Fazer progredir uma arte, uma tradição, um ofício.
Reinventar um património à medida do presente.


Tudo começou em 2010 na vila portuguesa de Manteigas, na Serra da Estrela, numa sala da antiga fábrica Lanifícios Império – a 'Sala das Linhas' –, com o intuito de trabalhar o tecido mais tradicional na indústria de lanifícios local – o Burel.
Aí se pensou em pôr em prática um projeto sustentável, especial e único, cheio de alma e paixão, onde cada peça que produzimos é um pedaço da história do saber, de uma indústria… da sua própria história.
Assim nasceu a Burel Factory, com o forte empenho de manter vivo mas também reinventar o valor das riquezas da região, combinando a arte e o saber dos tecelões da vila com o design de hoje, criando peças originais, de traço contemporâneo, invadindo casas, escritórios, hotéis, empresas, em forma de tapetes, almofadas, fundos de cama, bancos, revestimentos de parede, mochilas, sacos, … criando as suas peças!


Statement da Burel

'No cimo da Serra, à sombra das Penhas Douradas, admiramos a cumplicidade entre pastor e rebanho, ambos com a mesma pele, a lã, só que a lã do seu capote de burel tomou as cores da terra, dos penhascos, num fundo forte, quente, protetor...
Com ele descemos até Manteigas, ouvimos o barulho ensurdecedor das máquinas que fiavam, tingiam, teciam... o burel...
E o apego forte a esta proteção aconchegante não nos paralisou, antes nos impeliu a dar-lhes mais vida numa grande paleta de cores e numa diversidade de aplicações que vão enchendo a nossa imaginação...'


Fazer progredir uma arte, uma tradição, um ofício, é de facto um desafio grandioso, sobretudo no interior do país e dentro do atual contexto cultural e económico.
Este é o nosso desafio.


Apoios:
Design por INELO e Programação por FISTCODE