Burel Montain Originals Burel Montain Originals

Sustentabilidade

Transformação da Lã

O QUE NOS GUIA?


Estamos comprometidos com os valores do Parque Natural da Serra da Estrela. Da Montanha que faz parte da nossa natureza. Da sua cultura e do antigo legado de lã. Para o manter vivo e prolongar a história que vem de longe. Promover a sua história e a sua cultura. E divulgar a arte portuguesa do burel de forma consciente, respeitando a natureza e a montanha que é a nossa casa.


A sustentabilidade começa pela lã, pelas ovelhas que lhe dão origem e moldam os vales da Serra da Estrela desde que há memória.


Para a produção de burel recorremos aos pastores locais que pastam ovelhas ao ar livre nos planaltos superiores da Serra da Estrela, onde a vegetação é mais macia e torna a lã mais suave. Utilizamos lã da Bordaleira e Churra, duas raças autóctones, bem como do Merino Português, garantindo que os animais são bem tratados, vivam felizes e que a tosquia seja feita manualmente sem lhes causar qualquer tipo de sofrimento. A tosquia é um ato necessário para o conforto do animal, preservando uma tradição ancestral, mantendo esta cultura avançando no tempo.


A lã é a base de tudo o que fazemos, sem causar impacto ambiental. É um produto natural e não poluente. Reciclável, renovável e durável.

CERTIFICAÇÃO RECYCLED CLAIM STANDARD


É a lã que nos inspira e nos impulsiona para a sua constante reciclagem e reutilização, o que levou à criação de uma linha de burel e mantas reciclados, ato que este ano nos garantiu a certificação RCS (Recycled Claim Standard) que validou nosso padrão de reciclagem e compromisso contínuo em criar o menor impacto ecológico possível, bem como nossa política de desperdício zero.

DESPERDÍCIO ZERO

Na natureza nada se perde, tudo se transforma. É com base neste padrão universal que trabalhamos. A Burel Factory defende desde o seu início a política de desperdício-zero, com a utilização consciente dos seus recursos, estabelecendo parcerias com artistas, designers e associações para inovar na utilização e valorização da lã, a nossa matéria-prima, e desenvolver parte do nosso produtos a partir de resíduos de burel, para nos surpreendermos com os resultados que dão origem a peças únicas e conscientes, criando o menor impacto ecológico possível.

A nossa premissa na questão dos resíduos passa também pela sensibilização para esta prática, levando-nos a criar produtos que chamem a atenção para esta questão, promovendo boas práticas junto dos nossos colaboradores e parceiros e clientes em geral.

SUSTENTABILIDADE ECONÓMICA. UM COMPROMISSO SOCIAL.


O nosso compromisso de valorização da região e da sua cultura torna imperativo estimular o seu desenvolvimento económico e social a longo prazo, garantindo a sua sustentabilidade, gerando emprego e atraindo mão de obra qualificada, de forma a fomentar o desenvolvimento local e social.


Concretamente: nós empregamos parte da população local e promovemos a sua formação. Incentivamos a geração mais jovem que saiu da região à procura de melhores condições de trabalho nas grandes cidades, a regressar à sua casa e incentivamos a sua fixação. Somos promotores da não desertificação no concelho da vila de Manteigas e no interior de Portugal. Incentivamos pequenos produtores e artesãos locais que nos abastecem em diferentes áreas, pequenos proprietários de terras que abrigam muitos dos nossos colaboradores. Vários deles formaram família. Acreditamos que a verdadeira sustentabilidade é medida com esses indicadores.


É no compromisso constante com a comunidade através da formação contínua, do incentivo ao trabalho qualificado, da educação, da transmissão de conhecimentos entre gerações, que contribuímos para a sustentabilidade económica e social de uma das regiões mais isoladas do país, tornando-a mais rica, mais diversa, mais plural e garantindo a oferta de vários serviços que canalizam todos para a valorização e descoberta da Serra da Estrela, com propostas de valor acrescentado que garantem boas perspetivas de futuro.